Para Estudar a Interação Entre Partículas e Campos

As partículas são injetadas a partir de um sistema de injetores em uma reator CVD (deposição química de vapor) em um ângulo cônico de 15 graus. Inicialmente, elas têm inércia suficiente para seguir sua trajetória original, mas, ao final, a força de arrasto se sobressai e as partículas começam a seguir o gás para fora da porta de exaustão.

Amplie as Funcionalidades do COMSOL com Rastreamento de Partículas

O Particle Tracing Module amplia a funcionalidade do COMSOL Multiphysics em calcular a trajetória das partículas em um fluido ou campo eletromagnético, incluindo interações partícula-partícula e partícula-campo. Pode-se combinar sem problemas qualquer módulo de aplicação específica com o Particle Tracing Module para calcular os campos que governam o movimento das partículas. As partículas podem ter massa ou ser sem massa. O movimento é regido pela formulação Newtoniana, Lagrangiana ou Hamiltoniana da mecânica clássica. Condições de contorno podem ser impostas às partículas nas paredes da geometria para permitir que as partículas congelem, grudem, ricocheteiem, desapareçam ou reflitam difusamente. Condições de parede definidas pelo usuário também podem ser especificadas, onde a velocidade das partículas pós-colisão é, tipicamente, uma função da velocidade das partículas que chegam e do vetor normal à parede. Partículas secundárias liberadas quando uma partícula se choca contra uma parede podem ser incluídas. O número de partículas secundárias e a distribuição de suas velocidades podem ser funções da velocidade das partículas primárias e da geometria de parede. As partículas também podem grudar na parede de acordo com uma expressão arbitrária ou uma probabilidade de adesão. Outras variáveis dependentes podem ser adicionadas ao modelo, o que permite calcular quantidades como massa, temperatura ou spin das partículas.

As partículas podem ser liberadas sobre contornos e domínios uniformemente, de acordo com a malha, conforme definido por uma grade ou de acordo com uma expressão personalizada. Uma ampla gama de forças predefinidas está disponível para descrever especificamente como as partículas interagem com os campos. Pode-se, então, adicionar forças arbitrárias definindo uma expressão adequada. Também é possível modelar a interação bilateral entre as partículas e os campos (interação partícula-campo), bem como a interação de partículas entre si (interação partícula-partícula).

Modeling Inertial Focusing in Straight and Curved Microfluidic Channels

A Smooth Optical Surface in Minutes

Modeling of Laminar Flow Static Mixers

Particle Trajectories in a Laminar Static Mixer

Ideal Cloak

Einzel Lens

Ion Cyclotron Motion

Rotating galaxy

Luneburg Lens

Modeling Diffusion with the Particle Tracing Module